ANÁLISE DE REDES SOCIAIS: estudo de caso da rede mineira de startups san pedro valley

|ANÁLISE DE REDES SOCIAIS: estudo de caso da rede mineira de startups san pedro valley

ANÁLISE DE REDES SOCIAIS: estudo de caso da rede mineira de startups san pedro valley

Autor:  Nair Aparecida de Andrade

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

Data da Defesa:  11/08/2017

Resumo: Este estudo tem por objetivo explicitar a estruturação das redes sociais como insumo ao processo de potencialização do empreendedorismo, dos ecossistemas empresariais e da inovação. Ancorada no propósito de descrever e analisar a rede social formada a partir da comunidade San Pedro Valley, um ecossistema de inovação composto por 315 organizações, situado no município de Belo Horizonte, a investigação buscou compreender as dinâmicas e estratégias capazes de fortalecer o desenvolvimento do empreendedorismo e da inovação tecnológica, calcados na inserção social. Para tanto, amparou-se na investigação da percepção dos gestores integrantes dessa rede social a respeito de sua estrutura, a partir dos atributos associados a: contatos, informação, confiança; aconselhamento, capacitação (mentoring e consultoria), cooperação/parceria e/ou aliança e atores atores-chave do seu processo de desenvolvimento. Fundamentado em referenciais teóricos relacionados à teoria de redes sociais e a ecossistemas empreendedores, teve como pano de fundo a busca pela compreensão desses elementos no processo de potencialização do empreendedorismo e da inovação no âmbito da comunidade em estudo. A partir de metodologia de pesquisa, com finalidade descritiva, por meio de estudo de caso, associada à triangulação das abordagens qualitativa e quantitativa, foram realizadas pesquisas quantitativas com 145 integrantes dessa comunidade empresarial, o que corresponde a uma amostra de 5,77% de margem de erro e 95,0% de intervalo de confiança. Para essa etapa, utilizou-se questionário estruturado, previamente submetido à avaliação de seu conteúdo e forma, cujo objetivo foi obter informações sobre as conexões relacionadas aos atributos no âmbito das redes. Para cada um dos atributos, o trabalho buscou identificar e analisar as estatísticas provenientes das respectivas redes, por meio do dimensionamento dos indicadores de grau de centralidade de seus atores e de seus índices de densidade e centralização. Por meio de roteiro semiestruturado, a etapa qualitativa implicou na aplicação de entrevistas junto a sete gestores das organizações integrantes, com vistas a obter subsídios sobre a estrutura na qual a rede se consolida. O tratamento dos dados qualitativos foi efetuado a partir da análise de conteúdo das entrevistas e a dos dados quantitativos, do método de análise de redes sociais, utilizando o software UCINET. O resultado da pesquisa, em termos gerais, apontou que a rede é pouco densa, com elevado número de atores periféricos que não apresentam conexão com o núcleo central, composto de poucas empresas. Contudo, estas se mostram como referência para todas as redes estudadas. Destaca-se a presença de empresas externas à rede, sendo que algumas desempenham papel estruturante em sua concepção. Isso demonstra que a rede é ampla e ultrapassa seus limites formais. Em termos conclusivos, pode-se inferir que a rede sinaliza, relativamente, baixa centralização e difusão. Contudo, percebe-se que a rede San Pedro Valley, do ponto de vista de sua concepção, apresenta-se como uma estratégia de sucesso, cujo modelo disruptivo tem se mostrado eficiente para a quebra de alguns paradigmas. Na prática, todavia, tal iniciativa ainda se mostra em estruturação e amadurecimento. Por conseguinte, ações estruturantes, como, a criação de uma visão de negócio, organização de seus processos, diversificação de produtos e implementação de mecanismos de integração de seus atores, são elementos essenciais à potencialização do empreendedorismo e da cultura de inovação. Este estudo possui limitações, haja vista que não foi possível contatar os atores externos à rede citados pelas empresas

integrantes, fato que acarretou a diagramação de duas redes distintas (formal e informal) para cada atributo investigado.

Palavras-chave: Ecossistemas empreendedores. Redes Sociais. Empreendedorismo. Inovação. Startups.

ABSTRACT: The aim of this study is to enhance the understanding of social networks   structuring as an input to the entrepreneurship enhancement process, business ecosystems and innovation. With the purpose of describing and analyzing the social network created from the San Pedro Valley community, which is an innovation ecosystem made of 315 organizations in Belo Horizonte City (in Minas Gerais), the research sought to understand the dynamics and strategies able to strenghten the development of both entrepreneurship and technological innovation. For this purpose, the study was guided by the investigation of the managers of the social network’s perception regarding its structure, from the attributes associated to contacts, information, confidence, counseling, training (mentoring and consulting), cooperation / partnership and / or alliance and key actors in its development process. Based on theoretical references  related to the  social network theory  as well as  to entrepreneurial ecosystems, the background was the search for understanding the elements in the entrepreneurship enhancement and innovation within the community which was being studied. From a research methodology with a descriptive purpose, by means of a case study associated to the triangulation of the qualitative and quantitative approaches, the quantitative research was carried out with 145 members of the corporate community, corresponding to a sample of 5.77% error rate and 95.0% confidence interval. At this step, a structured questionnaire was used, which had previously been submitted to content and form evaluation, and whose objective was to obtain information about connections related to the attributes in the scope of the networks. Together with this, for each of the attributes the work tried to identify and analyze the statistics from the respective networks, by means of dimensioning the degree indicators of its actors’ centrality as well as their density and centralization indices. Thus, with the use of a semi-structured script, the qualitative stage implied the interviews with 7 managers of the participating organizations, so as to obtain subsidies regarding the structure in which the network is consolidated. The qualitative data were dealt with through the interviews content analysis, while the quantitative data, through the method of social networks analysis, and by the use of the UCINET software. In general, the research results indicated that the network is not dense and has a high number of peripheral actors that do not have a connection with a central core, which is made of few companies that are a reference for all the networks studied. The presence of companies outside the network stands out, and some of them play a structuring role in its design. It demonstrates that the network is broad and goes beyond its formal boundaries. As a conclusion, it can be inferred that the network signals relatively low centralization and diffusion. However, one can notice that the San Pedro Valley network, from the point of view of its conception, presents itself as a strategy of success whose disruptive model has been efficient for breaking some paradigms. In practical terms, such initiative still presents itself in structuring and maturing. Therefore, structuring actions such as the creation of a business vision, organizing its processes, diversifying products, and implementing integration mechanisms of its actors are essential elements for the enhancement of entrepreneurship and innovation culture. It is worth noting that the study also presents its limitations, since it was not possible to contact external actors to the network mentioned by the member companies, which led to the diagramming of two distinct networks (formal and informal) for each attribute which was investigated.

 

Keywords: Ecosystem Entrepreneurs. Social Networks. Entrepreneurship. Innovation. Startups.

 Área de Concentração: Organização e Estratégia.

Linha de Pesquisa: ESTRATÉGIA,  INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE.

Problema de Pesquisa: “Como se configura a estrutura da rede social de fomento à inovação denominada San Pedro Valley, na percepção dos gestores das empresas que a integram?”

Banca Examinadora

Orientador: Prof. Dr. Gustavo Rodrigues da Cunha

Prof. Dr. Marco Aurélio Ramos – Docente

Prof. Dr.Jefferson Lopes La falce– Participante Externo

BAIXAR ARQUIVO  – Dissertação_Nair Andrade_Encadernação 02_10_2017

2017-11-06T14:21:49+00:0006.11.2017|Dissertação|