SÍNDROME DE BURNOUT: um estudo com bombeiros militares que atuam na Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG

|SÍNDROME DE BURNOUT: um estudo com bombeiros militares que atuam na Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG

SÍNDROME DE BURNOUT: um estudo com bombeiros militares que atuam na Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG

Título:  SÍNDROME DE BURNOUT: um estudo com bombeiros militares que atuam na Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG

 

Autor:   Marina Conceição Moreira da Silveira

 

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

 

Data da Defesa:  22/08/2019

 

RESUMO: O objetivo desta dissertação é descrever e analisar o trabalho executado por bombeiros militares que atuam da Região Metropolitana da cidade de Belo Horizonte – MG e que prestam serviços de emergência, à luz das dimensões da Síndrome de Burnout, segundo a abordagem de Maslach (1993) e da psicodinâmica do trabalho. Esta pesquisa é descritiva com abordagem qualitativa. Foi utilizado o estudo de caso como método. O instrumento empregado foi a entrevista estruturada adaptada para esta pesquisa. Como sustentação teórica utilizou-se a psicodinâmica do trabalho, na perspectiva dejouriana, no que se refere ao contexto do trabalho e à abordagem psicossocial da síndrome de Burnout, desenvolvida pela psicóloga social Christina Maslach e colaboradores. Os dados foram analisados à luz da análise de conteúdo, sendo consideradas sete categorias definidas a priori dentro do contexto do trabalho: (organização do trabalho, condições do trabalho, relações socioprofissionais) e a síndrome de Burnout (que abrange exaustão emocional, despersonalização, baixa realização profissional e estratégias de regulação). A pesquisa envolveu 14 bombeiros militares. Os depoimentos foram gravados e, posteriormente transcritos, a fim de realizar a análise de conteúdo. Diversas subcategorias emergiram dos depoimentos colhidos. No que tange ao contexto do trabalho, os resultados apontaram que os bombeiros o consideram como sendo de ritmo intenso. O trabalho é planejado e exige competência técnica. A comunicação é deficiente e o processo decisório acontece de forma hierárquica inerente à organização militar. As condições laborais foram consideradas deficientes em termos de estrutura física, equipamentos e instrumentos. No entanto, eles trabalham em um ambiente de cooperação e companheirismo. As relações socioprofissionais foram consideradas boas. Com relação à síndrome de Burnout na primeira dimensão, ou seja, exaustão emocional se identificou grande esforço físico e mental do trabalhador. Na segunda dimensão, compreendida pela despersonalização, evidenciou-se o controle das emoções no trabalho, no sentido de não se comprometer emocionalmente com os atendimentos. Na terceira dimensão – a baixa realização pessoal –, ficou compreendido que os entrevistados autoavaliam o desenvolvimento profissional de forma positiva e são reconhecidos e valorizados pela corporação e pela sociedade. Os bombeiros utilizam mecanismos de regulação individuais e coletivos para enfrentar o desgaste no trabalho, sendo os mais apontados na pesquisa: o apoio dos familiares e amigos, o pensamento positivo, além de contarem com acompanhamento psicológico disponibilizado pelo Corpo de Bombeiros.

 

Palavras-chave: Síndrome de Burnout. Bombeiro Militar.

 

ABSTRACT: The objective of this research is to describe and analyze the work performed by military firefighters operating in the Metropolitan Region of Belo Horizonte (MG) and providing emergency services through the dimensions of Burnout Syndrome, according to Maslach’s (1993) approach. This research is descriptive with a qualitative approach. The case study was used as method. The instrument used was through a structured interview adapted for this study. As a theoretical support, work psychodynamics was used from the perspective of the work in the context of the work and the psychosocial approach of Burnout syndrome, developed by social psychologist Christina Maslach et al. The data were analyzed under the content analysis, considering seven categories defined a priori within the context of the work: (work organization, work conditions, socio-professional relations) and Burnout syndrome (which includes emotional exhaustion, depersonalization, professional performance and regulatory strategies). The survey involved 14 military firefighters. The statements were recorded and later transcribed in order to perform content analysis. Several subcategories emerged from two testimonials collected. Regarding the context of the work, the results pointed out that firemen consider it to be of intense rhythm. The work is planned and requires technical competence. Communication is deficient and the decision-making process takes place in a hierarchical way inherent in military organization. Working conditions were considered deficient in terms of physical structure, equipment and instruments. However, they work in environment of cooperation and fellowship. Socioprofessional relations were considered good. Regarding Burnout syndrome in the first dimension, that is, emotional exhaustion identified great physical and mental effort of the worker. In the second dimension, understood by the depersonalization, the control of the emotions in the work was evidenced, that is not being emotionally compromised with the attendances. In the third dimension – low personal achievement – it was understood that the interviewees self-evaluate professional development in a positive way and are recognized and valued by the corporation and by society. Firefighters use individual and collective regulation mechanisms to cope with burnout at work, with the most pointed out in the research is: support from family and friends, positive thinking, and psychological support provided by the Fire Department.

 

Key words: Burnout Syndrome. Military Firefighter.

 

Área de Concentração: Organização e Estratégia

 

Linha de Pesquisa: Relações de Poder e Dinâmica das Organizações

 

Problema de Pesquisa: “O contexto do trabalho do bombeiro militar o torna propenso à Síndrome de Burnout? ”

Banca Examinadora

Orientador: Prof. Dr. Luiz Carlos Honório– Docente

Prof. Dr. Luciano Zille Pereira – Docente

Prof.ª Dr.ª Maria Cecília Máximo Teodoro – Participante Externo

 

BAIXAR ARQUIVO http://mestrado.unihorizontes.br/wp-content/uploads/2020/03/MARINA-CONCEIÇÃO-MOREIRA-DA-SILVEIRA.pdf

 

2020-03-10T18:40:55-03:0010.03.2020|Sem categoria|