INOVAÇÃO E DESEMPENHO EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSUMO NÃO CÍCLICO NO BRASIL

|INOVAÇÃO E DESEMPENHO EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSUMO NÃO CÍCLICO NO BRASIL

INOVAÇÃO E DESEMPENHO EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSUMO NÃO CÍCLICO NO BRASIL

Título: INOVAÇÃO E DESEMPENHO EM EMPRESAS DO SETOR DE CONSUMO NÃO CÍCLICO NO BRASIL

 Autor:  ADELSON HENRIQUE FERNANDES

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

Data da Defesa:  13/02/2019

 

RESUMO: A dissertação teve como problema de pesquisa discutir qual a influência da inovação no desempenho econômico financeiro das empresas do setor de consumo não cíclico no Brasil e baseou-se na tese de Ramos (2017), aplicada em empresas portuguesas. O objetivo geral consistiu em identificar e analisar a influência da inovação no desempenho econômico financeiro das empresas listadas na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) do setor de consumo não cíclico no Brasil. A escolha do setor de consumo não cíclico deu-se, pois as empresas de todos os setores sofrem com as influências macroeconômicas, de forma mais acentuada ou menos, uma vez que estão sujeitas às condições econômicas das regiões onde estão localizadas. Esse entendimento não é diferente para as empresas que vendem bens e serviços ao consumidor final, ocorrendo tanto com empresas de consumo cíclico (produção e venda de bens e serviços duráveis) como no setor não cíclico (produção e venda de bens não duráveis) da B3 (Brasil, Bolsa, Balcão). Porém, o setor de consumo não cíclico foi escolhido por ser menos afetado pelas flutuações econômicas (PANDINI; FABRE; STÜPP, 2018). Tal escolha deveu-se à crise econômica que o Brasil enfrenta nos últimos quatro anos, que vem gerando desemprego e consequente redução do consumo (MECCA; et al, 2018). Busca-se, desta forma tentar isolar o efeito elasticidade renda em busca de uma pesquisa mais clara. Foram propostos 5 objetivos específicos: a) adaptar o modelo proposto por Ramos (2017) à realidade brasileira; b) testar o modelo adaptado em empresas de consumo não cíclico no Brasil; c) mensurar os reflexos que a inovação produz no desempenho econômico financeiro; d) compreender o comportamento das variáveis dos dois constructos; e) comparar os resultados encontrados nesta pesquisa, com a pesquisa realizada por Ramos (2017). Utilizou-se a investigação documental, tendo como base documentos recolhidos do site www.b3.com.br. O estudo desenvolveu uma abordagem quantitativa e descritiva, baseado em 12 hipóteses. No intuito de testar estas hipóteses foi realizada a técnica de regressão linear, sendo feitas 12 regressões por ano, em um total de 5 anos, totalizando 70 regressões ao longo dos 5 anos. Os dados foram trabalhados com os softwares SPSS (Statistical Package for the Social Science) V21 e Minitab V16.

 

Palavras-chave: B3. Consumo não cíclico. Regressão linear

ABSTRACT: The dissertation had as a research problem to discuss the influence of innovation on the finance economic performance of companies in the non-cyclical consumer sector in Brazil and was based on the Ramos thesis (2017), applied in Portuguese companies. The general objective was to identify and analyze the influence of innovation on the finance economic performance of the companies listed in B3 (Brazil, Bolsa, Balcão) of the non-cyclical consumption sector in Brazil. The choice of the non-cyclical consumer sector has occurred because companies from all sectors suffer from macroeconomic influences, more or less, since they are subject to the economic conditions of the regions where they are located. This understanding is no different for companies selling goods and services to the final consumer, both with cyclical consumer companies (production and sale of durable goods and services) and in the non-cyclical sector (production and sale of non-durable goods) of B3 (Brazil, Bolsa, Balcão). However, the non-cyclical consumption sector was chosen because it was less affected by economic fluctuations (PANDINI, FABRE, STÜPP, 2018). This choice was due to the economic crisis that Brazil has faced in the last four years, which has generated unemployment and consequent reduction of consumption (MECCA et al., 2018). In this way, we try to isolate the income elasticity effect in search of clearer research. 5 specific objectives were proposed: a) to adapt the model proposed by Ramos (2017) to the Brazilian reality; b) test the adapted model in non-cyclical consumer companies in Brazil; c) measure the impact of innovation on financial economic performance; d) understanding the behavior of the variables of the two constructs; e) compare the results found in this research, with the research done by Ramos (2017). Documentary research was used, based on documents collected from the site www.b3.com.br. The study developed a quantitative and descriptive approach based on 12 hypotheses. In order to test these hypotheses, the linear regression technique was performed, with 12 regressions per year, in a total of 5 years, totaling 70 regressions over the 5 years. The data were worked with SPSS software (Statistical Package for the Social Science) V21 and Minitab V16.

Keywords: B3. Non-cyclical consumption. Linear Regression

 

Área de Concentração: Organização e Estratégia

Linha de Pesquisa: Estratégia. Inovação e Competitividade

Problema de Pesquisa: “Daqui nasce a pergunta de pesquisa: qual a influência da inovação no desempenho econômico financeiro das empresas do setor de consumo não cíclico no Brasil?

 

Banca Examinadora

Orientador: Prof. Dr. Marco Aurelio Ramos

Prof. Dr. Wendel Alex Castro Silva – Docente

Prof. Dr. Jersone Tasso Moreira– Participante Externo

BAIXAR ARQUIVO ADELSON HENRIQUE FERNANDES

2019-04-16T18:32:30+00:0013.02.2019|Sem categoria|