Português English

SATISFAÇÃO NO TRABALHO E COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL: estudo em um abatedouro de aves no Centro-Oeste mineiro

|SATISFAÇÃO NO TRABALHO E COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL: estudo em um abatedouro de aves no Centro-Oeste mineiro

SATISFAÇÃO NO TRABALHO E COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL: estudo em um abatedouro de aves no Centro-Oeste mineiro

Autor: Débora de Oliveira Faria

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

Data da Defesa:  02/06/2016

Resumo: Esta dissertação analisa os índices de Comprometimento Organizacional (CO) e de Satisfação no Trabalho (ST), e as possíveis relações entre os dois construtos. Os sujeitos da pesquisa foram os empregados da Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas (COGRAN) da cidade de Pará de Minas, Minas Gerais. Para a análise da ST utilizou-se a Escala de Satisfação no Trabalho (EST) de Siqueira (2008) e, para a medição do CO utilizou-se um questionário adaptado de Meyer e Allen (1990, 1991, 1997), que foi revalidado no Brasil por Marques (2010). A população da pesquisa foi composta por 270 empregados que compõem o Setor de Produção da COGRAN. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário contendo três partes. A primeira parte obteve os dados demográficos; a segunda analisou o comprometimento dos empregados, e a terceira e última parte analisou o nível de satisfação no trabalho. Foram coletados 213 questionários, porém a amostra válida para a pesquisa foram 207 empregados que responderam 100% do questionário. A análise dos dados iniciou-se com a caracterização dos entrevistados com base nos dados descritivos e, posteriormente, mostrou os índices de CO, constatando-se que a maioria dos empregados diz ser leal à organização. Em contrapartida, assinalam a dificuldade de encontrar outra oportunidade no mercado de trabalho atual. A análise mostrou também que os empregados possuem um alto grau de vínculo normativo, porém, o vínculo afetivo foi detectado em uma média muito baixa. Em seguida, por meio dos resultados obtidos para a variável ST, verificou-se uma alta satisfação com a chefia; já em relação ao salário, constatou-se insatisfação. Concluiu-se que os indivíduos com maior Satisfação no Trabalho são do sexo masculino, assim como os indivíduos que não possuem o hábito de fumar e os que têm maior tempo de vínculo com a empresa. A Satisfação no Trabalho conseguiu explicar 37,9% da variabilidade do Comprometimento Organizacional. A análise de mensuração e de regressão mostrou que quanto maior a Satisfação no Trabalho, maior tende a ser o Comprometimento Organizacional. Os resultados apresentados contribuem para a área acadêmica demonstrando mais uma análise das relações entre Satisfação no Trabalho e Comprometimento Organizacional. Para a organização, a contribuição também foi válida, uma vez que não existem estudos anteriores sobre construtos em empresas cooperativas do setor de abatedouro

Palavras-chave: Comprometimento Organizacional. Satisfação no Trabalho. Empregados.

Abstract: This dissertation analyses the indexes of  Organization Commitment  (OC) and Job Satisfaction (JS), and the possible relations between both constructs. The research SUBJECTS were the employees  of the Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas (COGRAN), from Pará de Minas city, Minas Gerais. For ST analysis we used the Satisfaction Scale at Work (SSW) by Siqueira (2008) and, for the measurement of OC, we used an adapted questionnaire by Meyer and Allen ( 1990, 1991, 1997) , that was revalidated in Brazil by Marques (2010). The research population was composed for 270 employees, that makes up the Production Sector of COGRAN. The DATA collection took through a questionnaire containing three parts. The fisrt one got the demographics; the second one analyzed the commitment of the employees, and the third and last one analyzed the level of job satisfaction. Were collected 213 questionnaries, but the valid sample for research were 207 employees who answered 100% of the questionnataire.The analysis of the DATA began with the characterization of the interviewees based on the discretionary DATA and, subsequently showed the OC’s levels, noting that most of employees say they are loyal to the organization. On the other hand, take into account the difficulty to find another opportunity in the current labor market. It was also show that the employees had a high degree of normative link, but in the affective link was detected in a very low average. Then, through the results obtained for the JS variable, there was a high satisfaction with the management; already in relation to the salary, it was verified dissatisfaction. It was concluded  that the individuals with greatest job satisfaction are male, as well as individuals who don’t smoke and those who have more time to link with the company. The satisfaction in the work could explain 37.9% of the variability of the organization commitment. The measurement  and regression analysis showed that the higher the job satisfaction, the greater the organization commitment  tends to be. The results presented contribute to the academic área demonstrating another analysis of the relation between job satisfaction and organizational commitment. For the organization, the contribution was also valid, since there are no previous studies on constructs in cooperative companies of the slaughter sector

Keywords: Organization Commitment. Job Satisfaction. Employees.

Área de Concentração: Organização e Estratégia

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA NAS ORGANIZAÇÕES.

Problema de Pesquisa: Qual a relação entre a satisfação no trabalho e comprometimento organizacional em uma organização cooperativa do setor alimentício?

Banca Examinadora

Orientador: Profª. Drª. Eliane Bragança de Matos

Profº Drº Antonio Luiz Marques– Co-Orientador

Profª Drª Caissa Veloso e Sousa – Docente

Profª Drª Adriana Ventola Marra– Participante Externo

BAIXAR ARQUIVODEBORA FARIA DE OLIVEIRA

2017-09-11T19:13:59-03:0011.09.2017|Dissertação|