Pesquisas em andamento

||Pesquisas em andamento
Pesquisas em andamento2017-10-18T14:30:36+00:00
GRUPO DE PESQUISA

Pesquisas em Andamento NURTEG

Projetos de pesquisa em andamento financiados pelo Centro Universitário Unihorizontes, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

1.  

PRÁTICAS SEDUTORAS DE GESTÃO: estudo de caso em uma empresa de alta tecnologia localizada no Estado de Minas Gerais

COORDENADOR: Prof. Dr. Fernando Coutinho Garcia

Doutores: Prof. Dr. Reynaldo Maia Muniz

Resumo: A empresa moderna impõe seu domínio por meio da sedução e do fascínio. Com base num discurso amoroso, a fascinação provoca a perda de identidade do sujeito que, enquanto pensa que está participando do cumprimento de uma importante missão, não percebe que está sendo manipulado pela organização em busca de seus interesses econômicos. Na sociedade contemporânea, o discurso vigente reforça a ideologia neoliberal, facilitando a propagação do ´pensamento único´ segundo expressão cunhada por Ramonet (1995). O modelo do homem moderno, ativo e voluntário, empreendedor e líder, se propaga em todas as instâncias. Segundo Gaulejac (2007), a ideologia ´gerencialista´, que valoriza a mobilidade e a flexibilidade, transforma não só o modo de organização das empresas, mas o conjunto da sociedade. A pergunta norteadora desse projeto de pesquisa consiste em identificar a percepção dos executivos no uso de práticas gerenciais sedutoras em grandes empresas mineiras e sua relação com alto desempenho empresarial que elas apresentam?

Data de Início: 02/02/2014

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Área de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

2. 

SATISFAÇÃO, SAÚDE E ENVOLVIMENTO COM O TRABALHO EM CONTEXTOS ESTRATEGICOS E DE INOVAÇÃO: múltiplas perspectivas do comportamento humano em organizações do estado de minas gerais.

COORDENADOR: Prof. Dr. Luiz Carlos Honório

Resumo: O relacionamento entre as variáveis do comportamento humano nas organizações sucintamente estabelecido acima, consuz este projeto a ter como objetivo central estimular a realização de pesquisa, no âmbito do Mestrado Acadêmico do Centro Universitário Unihorizontes, que trtem da satisfação, saúde e envolvimento do indivíduo com o seu trabalho, tendo por base de levantamento de dados organizações de diferentes segmentos econômicos localizados no Estado de Minas Gerais. Como objetivos específicos, a pesquisa a ser desenvolvida busca: . refinar os instrumentos de coleta de dados correlatos às perspectivas de interesse de pesquisa; . ampliar o desenvolvimento de pesquisa envolvendo as perspectivas do comportamento humano no trabalho sugeridas, buscando o aprimoramento dos construtos a elas pertinentes e a produção de artigos; . produzir uma consolidação de achados pertinentes as diferentes pesquisas que serão orientadas sobre a satisfação, saúde e envolvimento com o trabalho; . fortalecer a linha de pesquisa da FNH que abarca estudos realizados sobre a temática do comportamento humano nas organizações.

Data de Início: 01/01/2012

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

3.  

ESTRESSE NO TRABALHO: impactos na saúde e na produtividade dos gestores que atuam em órgãos da administração pública do estado de Minas Gerais.

COORDENADOR: Prof. Dr. Luciano Zille Pereira

Resumo: O Projeto em referência visa responder a seguinte questão de pesquisa: como explicar os principais fatores que causam pressão excessiva no trabalho, possíveis níveis de estresse, principais sintomas relacionados e os reflexos na saúde e nos indicadores de produtividade dos gestores que atuam em órgãos da administração pública do estado de Minas Gerais? Em decorrência deste problema de pesquisa, tem como objetivo geral analisar o estresse ocupacional em trabalhadores que exercem a função gerencial (gestores) em órgão da administração pública do estado de Minas Gerais, tendo como foco central identificar os principais fatores relacionados à pressão excessiva no trabalho, os possíveis níveis de estresse ocupacional, seus principais sintomas e os reflexos na saúde e nos indicadores de produtividade desses gestores.

Data de Início: 02/02/2012

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

4.

ESTRESSE OCUPACIONAL: estudo com mulheres gestoras que atuam em empresas privadas no estado de Minas Gerais.

COORDENADOR: Prof. Dr. Luciano Zille Pereira

Doutor (a)Prof.ª Dr.ª Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo

Resumo: Este projeto tem como objetivo estudar o estresse ocupacional em mulheres gestoras que exercem a função gerencial em empresas privadas com atuação no estado de Minas Gerais. Tem como foco identificar os principais fatores relacionados à pressão excessiva no trabalho, os níveis de estresse ocupacional, principais sintomas, os mecanismos de regulação, os reflexos na saúde e os principais indicadores de impacto na produtividade dessas trabalhadoras.

Data de Início: 02/02/2014

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

5.  

MULHERES DE SUCESSO EM SETORES PREDOMINANTEMENTE MASCULINOS DE BELO HORIZONTE: além do teto de vidro na carreira gerencial.

COORDENADOR: Profa. Dra. Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo

Resumo: A sociedade tem convivido com importantes mudanças sociais, políticas, econômicas e culturais, desde as últimas décadas do século passado, que têm afetado os indivíduos e as organizações. Evidencia-se a questão das mudanças nas relações de gênero dentro do contexto histórico, cultural e de um sistema de idéias, especialmente a vida da mulher no mercado de trabalho contemporâneo. O estudo acerca do teto de vidro mostra que para romper com a segregação que existe nas empresas e se empoderar-se exige um grande esforço das mulheres, o que contribui para uma melhor abrangência das temáticas no que se refere à ocupação das mulheres em cargos da alta hierarquia organizacional e do sucesso de cada uma dentro das suas áreas profissionais. A análise dessas mulheres de sucesso compreende as relações de poder e gênero no ambiente organizacional. Sendo assim, o objetivo geral deste projeto é analisar o processo de empoderamento de mulheres de sucesso em setores predominantemente masculinos. Pretende-se pesquisar dez mulheres da alta hierarquia organizacional, em empresas de vários setores, por meio de relato de histórias de vida pelas entrevistadas e entrevistas semi-estruturadas a fim de analisar os dados qualitativamente. Tal técnica permitirá tanto a análise dos depoimentos bem como a utilização do material para aulas de metodologia e discussão com o grupo de pesquisa.

Data de Início: 01/01/2012

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

6.  

GERÊNCIA E GÊNERO EM INSTITUIÇÕES DE MINAS GERAIS: articulando subjetividade, identidade e competências profissionais.

GERÊNCIA E GÊNERO: articulando questões relativas à cultura, relações temporais, subjetividade, identidade, empoderamento e gerações.

COORDENADOR: Profa. Dra. Marlene Catarina De Oliveira Lopes Melo

Doutor (a): Prof.ª Dr.ª Caissa Veloso

Resumo: Esse estudo tem como objetivo analisar a prática da função gerencial exercida por mulheres em diversos segmentos da economia mineira, articulando os construtos da subjetividade, identidade gerencial e das competências profissionais de mulheres gerentes nas esferas pública e privada, em instituições de ensino superior, na administração direta no nível municipal, em organizações da área de saúde e organizações familiares e de mulheres empreendedoras e gerentes do próprio negócio de ascensão gerencial de mulheres gerentes em organização do setor público, do setor da saúde, em empresas familiares e de empreendedoras, busca-se também analisar fatores facilitadores do processo de ascensão gerencial das mulheres gerentes pesquisadas e identificar elementos constitutivos da ação gerencial na percepção das mesmas.

Data de Início: 01/07/2015

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

7.

EMPRESA FAMILIAR EM MINAS GERAIS.

COORDENADOR: Profa. Dra. Talita Ribeiro Da Luz

Doutores: Prof. Dr. Alfredo Alves De Oliveira Melo

Profa. Dra. Marlene Catarina De Oliveira Lopes Melo

Prof. Dr. Wendel Alex Castro Silva

Resumo: O projeto de pesquisa consiste em descrever e analisar trajetórias históricas, gerenciais, estratégicas e internacionais em empresas familiares localizadas em Minas Gerais. Para tanto, traçaram-se os seguintes objetivos específicos: 1. Descrever e analisar como se configuram e operam as estruturas de governança corporativa em empresas familiares; 2. Descrever e analisar como se processa a sucessão em empresas familiares; 3. Descrever e analisar como se dão os processos de fusão e aquisição em empresas familiares; 4. Descrever e analisar que estratégias e ferramentas da administração financeira são utilizadas por empresas familiares de Minas Gerais na gestão dos seus negócios e como isso ocorre em termos de planejamento; 5. Descrever e analisar como se dá a atuação gerencial no contexto das organizações familiares; 6. Identificar, descrever e analisar como se configuram as competências.

Data de Início: 01/01/2012

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

8. 

ESTRESSE OCUPACIONAL E GÊNERO: estudo com gestores que atuam em instituições de saúde no estado de Minas Gerais.

COORDENADOR: Prof. Dr. Luciano Zille Pereira

Resumo: Este projeto tem como objetivo estudar o estresse ocupacional em gestores que exercem a função gerencial em organizações de saúde com atuação no estado de Minas Gerais. Tem como foco identificar os principais fatores relacionados à pressão excessiva no trabalho, os níveis de estresse ocupacional, principais sintomas, os reflexos na saúde e no trabalho e os mecanismos de regulação que estes trabalhadores adotam para minimizar os fatores tensionantes decorrentes do trabalho.

Data de Início: 02/02/2016

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

9.

ESTUDO SOBRE A COOPERAÇÃO E RESISTÊNCIA DE SERVIDORES PÚBLICOS À IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE PAGAMENTO POR DESEMPENHO E RESULTADOS NO ÂMBITO DOS ESTADOS

COORDENADOR: Prof. Dr. Antônio Luiz Marques

Resumo: Este projeto é uma extensão e aprofundamento da pesquisa que vem sendo feita por seu proponente, na esfera dos governos estaduais brasileiros, sobre inovações em políticas e em práticas de gestão de pessoas. O objetivo central desta pesquisa é identificar os níveis de aceitação e de resistência de servidores públicos de governos estaduais brasileiros à implantação de sistemas de remuneração por desempenho e resultados e os fatores que produzem essas atitudes e comportamentos.

—————————————————————————————————————————————————

10.

GOVERNANÇA COLABORATIVA PARA PESQUISA NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA IMPLEMENTAÇÃO DO PPSUS EM ESTADOS BRASILEIROS

COORDENADOR: Prof. Dr. Reynaldo Maia Muniz

Resumo: A presente proposta de pesquisa objetiva analisar, de forma comparativa, o processo de governança colaborativa no âmbito da implementação do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde, em diferentes estados brasileiros, adotando como abordagem metodológica a Análise Comparativa Qualitativa (QCA). Esta abordagem utiliza um ferramental concebido para operacionalizar a investigação acerca de configurações de fatores que explicam determinado resultado e será utilizada para definir a configuração de elementos condicionantes presentes no processo de governança colaborativa passível de explicar os resultados de (in)sucesso da implementação do PPSUS para o conjunto dos estados selecionados.

Data de Início: 02/02/2016

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Area de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

11.

QUESTÕES CONTEMPORÂNEAS NO (E DO) TRABALHO? DIMENSÕES PSICOSSOCIAIS E PERSPECTIVAS INOVADORAS PRESENTES NOS PROCESSOS LABORATIVOS DA CONTEMPORANEIDADE.

COORDENADOR: Profa. Dra. Maria Elizabeth Antunes Lima

Doutor (a)Prof. Dra. Caíssa Veloso

Resumo: Partindo da análise das relações políticas e sociais que ordenam o processo produtivo, o objetivo geral da linha de pesquisa consiste em “analisar as mudanças em curso nos processos de trabalho, avaliando suas dimensões psicossociais e perspectivas inovadoras”.

Data de Início: 02/02/2016

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Área de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

—————————————————————————————————————————————————

12. 

RISCOS DE ADOECIMENTO NO TRABALHO: estudo com trabalhadores na área da saúde no estado de Minas Gerais.

COORDENADOR: Prof. Dr. Luciano Zille Pereira

Doutor Prof. Dr. Antônio Luiz Marques

Resumo: O estudo objetiva descrever e explicar as manifestações de risco de adoecimento relacionado ao trabalho, envolvendo o estresse ocupacional, ideação suicida e prazer e sofrimento no trabalho em profissionais que atuam na área saúde no estado de Minas Gerais. A base teórica do estudo levará em consideração os conteúdos relacionados à organização do trabalho, condições e relações sócioprofissionais, custo humano, liberdade de expressão no ambiente ocupacional, fontes de tensão, sintomas de estresse e estratégias de enfrentamento. Em termos metodológicos, a pesquisa caracterizara-se como descritiva e explicativa, de abordagem qualitativa e quantitativa. A população consistirá de profissionais que atuam em instituições de saúde localizadas no estado de Minas Gerais. A amostra aleatória simples será calculada com nível de confiança de 95% tendo como referência Barnett (1992). A coleta de dados será realizada por meio da aplicação de Inventário de Estresse, Inventário de Trabalho e Riscos de Adoecimento (ITRA) e Escala de Ideação Suicida de Beck (BSI). Esses instrumentos visam identificar os aspectos referentes às manifestações de estresse ocupacional, organização e condições do trabalho, relações sócioprofissionais, custo humano, prazer e sofrimento no trabalho e ideação suicida. Serão realizadas análises descritivas, envolvendo análise exploratória dos dados e de frequência, medidas de posição, como média, moda, desvio-padrão, mediana, percentil 25 e 75 e análise inferencial onde será verificada a associação entre os dados demográficos e funcionais em relação às variáveis do estudo.

Data de Início: 01/02/2017

Linha de Pesquisa: RELAÇÕES DE PODER E DINÂMICA DAS ORGANIZAÇÕES

Área de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA