Português English

BOMBEIROS MILITARES DE MINAS GERAIS: uma análise do prazer e sofrimento no trabalho

|BOMBEIROS MILITARES DE MINAS GERAIS: uma análise do prazer e sofrimento no trabalho

BOMBEIROS MILITARES DE MINAS GERAIS: uma análise do prazer e sofrimento no trabalho

Autor:  EVERSON SOTO SILVA BRUGNARA

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

Data da Defesa:  15/02/2017

Resumo Esta pesquisa teve por objetivo descrever e analisar as vivências de prazer e sofrimento de bombeiros militares que atuam na cidade de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais. O referencial teórico substanciou-se na psicodinâmica do trabalho, realizando-se uma pesquisa descritiva de caráter qualitativo. Foram entrevistados 10 (dez) bombeiros militares, lotados no Terceiro Batalhão do Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Minas Gerais, localizado na Cidade de Belo Horizonte, ocupantes dos cargos de praças, aplicando-se a eles um roteiro de entrevista elaborado com base no referencial teórico. Para a análise e tratamento dos dados colhidos nas entrevistas, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo de Bardin (2004). Os resultados indicam que os bombeiros militares em estudo vivenciam no trabalho momentos de prazer e de sofrimento. Nessa direção, o sentido do trabalho foi revelado através da identificação com o trabalho, com a relevância da profissão e com o caráter assistencial, em um contexto marcado por um bom relacionamento entre os pares, diversidade de tarefas, inadequação dos instrumentos de trabalho e mau relacionamento com a chefia. As vivências de prazer fundamentam-se na realização profissional, vinculada ao sentimento de serem úteis e necessários à sociedade, no retorno financeiro, sedimentado na estabilidade financeira e no conforto material, proporcionados pela função pública e no retorno social, marcado pelo reconhecimento explícito da sociedade. Já as vivências de sofrimento baseiam-se na ambivalência de sentimentos, ancorada na existência de sentimentos antagônicos como vida e morte, emoção e frieza e o prescrito e o real do trabalho, na sobrecarga de trabalho, originada no fato de os bombeiros militares terem que se preparar continuamente tanto na esfera física quanto na emocional, na desvalorização por parte dos superiores, devido ao sentimento de tratamento desigual em relação aos profissionais que prestam serviço na esfera administrativa e no ritmo intenso de trabalho, uma vez que necessitam durante os plantões estarem sempre de prontidão, ficando suas necessidades básicas em segundo plano. As estratégias de defesa para lidar com o sofrimento no trabalho, utilizadas pelos entrevistados, são de cunho individual, firmadas na assimilação, no diálogo, na espiritualidade e no uso da técnica, por meio da utilização dos protocolos de treinamento, sendo essas as estratégias defensivas utilizadas com o objetivo de minimizar a percepção do sofrimento, dando ao bombeiro militar suporte ao utilizá-las como proteção.

Palavras-chave: Sentido do trabalho. Prazer. Sofrimento. Estratégias de defesa. Bombeiro Militar.

Abstract: This research aimed to describe and analyze the experiences of pleasure and suffering of military firefighters operating in the city of Belo Horizonte, in the State of Minas Gerais. The theoretical framework was substantiated in the psychodynamics work, and a qualitative descriptive research was carried out. Ten (10) military firefighters were interviewed in the Third Battalion of the Military Fire Brigade of the State of Minas Gerais, located in the city of Belo Horizonte, occupying the positions of volunteer firefighters, applying to them an interview script elaborated on the basis of the analysis and treatment of the data collected in the interviews, the content analysis technique of Bardin (2004) was used. The results indicate that the military firemen under study experienced moments of pleasure and suffering at work. In this direction, the meaning of the work was revealed through identification with work, with the relevance of the profession and with the assistance character, in a context marked by a good relationship between the peers, diversity of tasks, inadequacy of the instruments of work and bad Relationship with the manager. The experiences of pleasure are based on professional achievement, linked to the feeling of being useful and necessary to society, on financial return, regimented in financial stability and material comfort, provided by the public function and social return, marked by the explicit recognition of society. On the other hand, the experiences of suffering are based on the ambivalence of feelings, anchored in the existence of antagonistic feelings like life and death, emotion and coldness, and the prescribed and the real one of the work, in the work overload, originated in the fact that the military firemen have to to continually prepare both in the physical and emotional realms, in the devaluation by the superiors, due to the feeling of unequal treatment in relation to the professionals who render service in the administrative sphere and the intense rhythm of work, since they need during the shifts always being Their basic needs in the background. The defense strategies to deal with the suffering at work, used by the interviewees, are of an individual nature, based on assimilation, dialogue, spirituality and the use of technique, through the use of training protocols, these being the defensive strategies Used in order to minimize the perception of suffering, giving the military firefighter support to use them as protection.

Keywords: Sense of work. Pleasure. Suffering. Defense strategies. Firefighter. Military

Área de Concentração: ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

Linha de Pesquisa: Relações de Poder e Dinamica das Organização

Problema de Pesquisa: “Como se configuram as vivências de prazer e sofrimento que os bombeiros militares experimentam no exercício de suas funções?

Banca Examinadora

Orientador: Prof. Dr. Luiz Carlos Honório

Prof. Dr. Antonio Luiz Marques – Docente

Prof. Dr. Jefferson Lopes La Falce– Participante Externo

BAIXAR ARQUIVO

2021-05-26T12:20:37-03:0012.04.2017|Dissertação|