Pesquisas em andamento

||Pesquisas em andamento
Pesquisas em andamento2019-04-15T16:50:53+00:00
GRUPO DE PESQUISA

Pesquisas em Andamento NUPEC

Projetos de pesquisa em andamento financiados pelo Centro Universitário Unihorizontes, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

PROJETO: Empreendedorismo em Minas Gerais

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Organização e Estratégia

LINHA DE PESQUISA: Estratégia, Inovação e Competitividade

DESCRIÇÃO: Em um contexto de transformações econômicas, sociais e tecnológicas substanciais, o empreendedorismo é visto como fundamental por empresas, organizações, e, de forma geral, pela sociedade. O cenário caracterizado pela competitividade global impõe desafios para os gestores, os quais devem responder a demanda da sociedade por meio do desenvolvimento de inovações de produtos e processos, com fins econômicos e sociais, e oferecer, dessa forma, produtos e serviços qualificados e precificados segundo as especificações de um público consumidor cada vez mais informado. Neste contexto de mudanças e transformações constantes, a inovação e o empreendedorismo constituem figuras centrais, exigindo competências para a identificação e desenvolvimento de alternativas de sobrevivência e crescimento das organizações (SOUZA, 2002). Notavelmente, em um país com as características socioeconômicas do Brasil, o empreendedorismo e a inovação social assumem importância destacada e dada sua incipiência na literatura pertinente, constituem uma dimensão de análise em especial para o presente projeto. O objetivo geral deste projeto de pesquisa consiste em descrever e analisar os modelos mentais, a trajetória gerencial, estratégica, internacional, criativa e histórica dos empreendedores de Minas Gerais e de suas empresas. Para tanto, adotar-se-á uma pesquisa descritivo-analítica, já que se pretende identificar, compreender e comparar aspectos individuais e coletivos para empreender, os quais se mostram presentes nas empresas componentes da amostra. O projeto requer o emprego de métodos de pesquisa de natureza quantitativa e qualitativa, por meio dos quais serão desenvolvidas investigações de matriz exploratória, descritiva e explicativa.

COORDENADOR: Marlene Catarina De Oliveira Lopes Melo.

DOCENTES: Luciano Zille Pereira; Luiz Carlos Honório; Wendel Alex Castro Silva.

FINANCIADOR: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais- FAPEMIG (Projeto Pesquisa e Extensão).

PUBLICAÇÕES VINCULADAS: clique aqui

PROJETO: Estratégia e Marketing em Ambiente de Inovação: uma análise na perspectiva das organizações contemporâneas

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Organização e Estratégia

LINHA DE PESQUISA: Estratégia, Inovação e Competitividade

DESCRIÇÃO: O presente projeto verte-se sobre o as organizações contemporâneas, frente às mudanças ocorridas no cenário internacional e nacional e suas vertentes sociais, organizacionais e individuais, decorrentes de processos de inovação, em diferenciados contextos. Tais mudanças, mais evidentes após a segunda metade do século XX, contemplam, não estando restritas, transformações econômicas e sociais que impactaram em diversos aspectos, tanto no cotidiano dos indivíduos como organizacional e que, o âmbito dos interesses da área de Marketing, especificamente, faz-se possível identificar relações de consumo que transcendem o valor utilitário dos bens, assumindo este características mais hedônicas e menos explícitas, demandando dos atores envolvidos esforços diferenciados para o seu entendimento. Nesse contexto, relaciona-se o desenvolvimento das tecnologias da informação e a intensificação da globalização, como condutoras das organizações, sejam essas públicas ou privadas, com ou sem fins lucrativos, a um processo de transformação (e reestruturação) interna e no relacionamento com os seus stakeholders. Ressalta-se que nesse ambiente se incluem as organizações públicas, que necessitam interagir com seu público alvo, na condução de estratégias que suportem uma melhora no bem estar social e promovam comportamentos socialmente desejáveis. Exemplos desses interesses que podem compreender escopo de interesse de determinados órgãos públicos são: doação de sangue, doação de órgãos, campanhas antitabagistas, campanhas antidrogas, entre outros. Considerando esse cenário, as discussões sobre o papel do marketing, bem como das estratégias organizacionais, passam por um contexto histórico e diferenciador, que devem considerar não apenas as organizações, como a sociedade e o indivíduo, como entes presentes no processo de transformação. Tais argumentações ensejam o desenvolvimento de quatro questões, que norteiam o projeto, a saber: I) como são formuladas as estratégias nas organizações contemporâneas?; II) como se dão as relações de consumo e de produção no cenário contemporâneo e de inovação?; III) é possível analisar os fenômenos que permeiam as relações de consumo, a partir de abordagens interdisciplinares e transdisciplinares, a partir de metodologias distintas, porém complementares? IV) como o marketing social pode contribuir para uma melhora do bem estar social? Espera-se que os estudos iniciados a partir desse projeto contemplem abordagens qualitativas e quantitativas de pesquisa, além de métricas que permitam a triangulação na exposição do mesmo fenômeno, ou de fenômenos similares. Nesse sentido, além dos estudos que envolvem entrevistas (individuais ou em grupos) este estudo utilizará técnicas de observação e projeção para a identificação de fenômenos relacionados ao Marketing e as Organizações

COORDENADOR: Caíssa Veloso e Sousa.

DOCENTES: Jose Edson Lara; Marco Aurélio Ramos.

DISCENTES DE MESTRADO: Adelson Henrique Fernandes; Alexandre Gomes Nick; Cleides De Souza Lima; Marlene Inês Paula Gomes

PARTICIPANTE EXTERNO: Danilo de Oliveira Sampaio.

PUBLICAÇÕES VINCULADAS: clique aqui

PROJETO: Estratégias de Marketing Social em Prol do Bem Estar da Sociedade: estudo das múltiplas demandas

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Organização e Estratégia

LINHA DE PESQUISA: Estratégia, Inovação e Competitividade

DESCRIÇÃO: Este projeto se situa no âmbito do Marketing Social, visando analisar as estratégias de marketing promovidas pelo governo e por organizações não governamentais, que têm como objetivo a melhora do bem estar social, em diversas vertentes. O bem-estar dos cidadãos é uma questão de interesse governamental, tanto no que tange ao contexto dos próprios cidadãos, quanto do governo em si. Nesse aspecto, os pesquisadores que compõem o presente projeto selecionaram algumas causas que são de interesse da sociedade e para as quais têm expertise no desenvolvimento de instrumental analítico. As causas previamente selecionadas são: álcool e drogas, câncer de mama, consumo de tabaco, doação de sangue, doação de órgãos, posse responsável de animais, proteção das crianças e adolescentes, trânsito seguro. Como objetivo geral pretende-se identificar e analisar os principais fatores que influenciam os indivíduos a adotarem comportamentos socialmente desejáveis, a partir das estratégias de marketing social promovidas pelos órgãos governamentais. De forma específica pretende-se: identificar os elementos convincentes que sensibilizam os indivíduos a adotarem comportamentos socialmente desejáveis; identificar os elementos persuasivos que influenciam os indivíduos a adotarem comportamentos socialmente desejáveis; construir modelos analíticos representem as relações entre os fatores que influenciam a intenção para a adoção de comportamento socialmente desejáveis; apresentar contribuições acerca das estratégias de marketing social adotadas em prol das causas propostas; identificar diferenças sócio demográficas que possam justificar a adoção de estratégias distintas entre substratos da população. A metodologia estará pautada em métricas de abordagem qualitativa (entrevistas e técnicas projetivas) e quantitativas, o que permitirá a triangulação dos dados.

COORDENADOR: Caíssa Veloso e Sousa.

DOCENTE: Maria Elizabeth Antunes Lima.

DISCENTES DE MESTRADO: Christienne Lopes da Silva; Cristiane Dalves Damaceno; Paulo Sergio Silva; Thais Mara Rodrigues Veloso; Wellington Cunha

PARTICIPANTE EXTERNO: Jefferson Rodrigues Pereira

FINANCIADOR: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais- FAPEMIG (Auxílio financeiro)

PUBLICAÇÕES VINCULADAS: clique aqui