A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: estudo de caso em uma empresa privada da Região Metropolitana de Belo Horizonte

|A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: estudo de caso em uma empresa privada da Região Metropolitana de Belo Horizonte

A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: estudo de caso em uma empresa privada da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Título: A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: estudo de caso em uma empresa privada da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Autor:  Amir Neves Filho

Tipo de Trabalho de Conclusão: DISSERTAÇÃO

Data da Defesa:  12/02/2019

RESUMO: A inclusão de Pessoas com Deficiência (PcD’s) em ambiente profissional, apesar de apoiada pela legislação, ainda ocorre com dificuldades. A justificativa das empresas é o baixo nível de qualificação profissional dessas pessoas. Diante disso, esta pesquisa buscou investigar, por meio de um estudo de caso, como é realizada a inserção desses indivíduos em uma empresa de médio porte, do setor de eletrodomésticos, situada na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). A investigação foi realizada com treze PcD’s e uma profissional responsável pelo processo de seleção, treinamento e acompanhamento dos empregados. Foram realizadas observações dos sujeitos em suas situações reais de trabalho e, em seguida, realizadas entrevistas em profundidade com cada um deles e com a responsável pelo Setor de Recursos Humanos da empresa. Finalmente, realizou-se a análise de conteúdo, estabelecendo-se as grandes categorias e as subcategorias de análise. Os resultados permitiram verificar que o tipo de deficiência influencia no processo de contratação, embora haja disposição da empresa em contratar as PcD’s como forma de obedecer à lei de cotas. Observou-se, de modo geral, a presença de uma visão limitada sobre as PcD’s e indícios de mudança de atitude voltados para a inclusão. A empresa utiliza programa único de treinamento para todos os empregados, independentemente de serem PcD’s ou não, e recorrem à Rede Cidadã e à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) para acompanhamento, profissionalização e seleção. Estas são as únicas ações voltadas para práticas de gestão desses trabalhadores. Apesar de se manifestarem satisfeitos no seu trabalho, observou-se tendência à acomodação das PcD’s à sua condição atual, uma vez que não percebem possibilidades de crescimento na empresa. Finalmente, não se constatou preocupação em realizar adaptações estruturais no ambiente de trabalho, uma vez que a empresa prefere contratar pessoas portadoras de deficiências menos graves e que, portanto, não requerem esse tipo de ajuste. Pode-se concluir que sua prioridade é a obediência à lei de cotas, uma vez que a empresa privilegia pessoas com deficiências leves, sem se preocupar efetivamente com sua inclusão, negando-lhes possibilidades reais de desenvolvimento pessoal e profissional.

 

Palavras-chaves: Pessoas com Deficiência; Inclusão; qualificação profissional; Lei de Cotas.

ABSTRACT: The inclusion of people with disabilities (PwDs) in a professional environment, although supported by legislation, still presents difficulties. The justification of the companies is the low level of professional qualification of these people. Therefore, this research sought to investigate, through a case study, how is performed the insertion of these individuals into a medium-sized company in the household appliances sector, located in the Metropolitan Region of Belo Horizonte (MG). The research was carried out with thirteen PwDs and a professional responsible for the selection, training and follow-up of employees. The subjects’ observations were made in their actual work situations, followed by in-depth interviews with each of them and with the person in charge of the company’s Human Resources Department. Finally, content analysis was performed, establishing the major categories and subcategories of analysis. The results showed that the type of disability influences the hiring process, although the company is willing to hire the PwDs as a way of complying with the quota law. In general, the presence of a limited view on the PwDs and signs of a change of attitudes toward inclusion were observed. The company uses a single training program for all employees, regardless whether they are PwDs or not, and use the Citizen Network and the Association of Parents and Friends of the Exceptional (APAE) for follow-up, professionalization and selection. These are the only actions aimed at the development of these workers. Although they expressed satisfaction in their work, there was a tendency to accommodate the PwDs to their present condition, since they do not perceive possibilities of growth in the company. Finally, there was no concern about structural adaptations in the work environment, since the company prefers to hire people with less severe disabilities and, therefore, do not require this type of adjustment. It can be concluded that its priority is compliance with the quota law, since the company favors persons with light deficiencies, without actually worrying about their inclusion, denying them real possibilities of personal and professional development.

 

Keywords: People with Disabilities; Inclusion; Professional Qualification; Quota Law

Linha de Pesquisa: Relações de poder e dinâmicas das organizações.

 Problema de Pesquisa: “como as organizações estão administrando a inserção da Pessoa com Deficiência (PcD), considerando suas práticas de RH vigentes e a forma pela qual os deficientes vivenciam essas práticas e suas experiências profissionais?”

 

Banca Examinadora

Orientador: Profª Drª. Maria Elizabeth Antunes Lima.

Prof Dr. Wendel Alex Castro Silva – Docente

Profª. Drª. Simone Costa Nunes – Participante Externo

BAIXAR ARQUIVO AMIR NEVES FILHO

2019-03-13T15:08:24+00:0012.02.2019|Sem categoria|